03

terça-feira, 28 de junho de 2011

VOLTA PRO MAR OFERENDA


        Alguns artistas famosos, quando estão em baixa na região sudeste, decidem migrar com seus shows para o nordeste. Aqui cobram cachês altíssimos e juntam platéias enormes. Com algumas exceções fazem exigências abusivas aos contratantes, coisas impensáveis...
         Muito se comenta das exigências feitas pelo ancião Zé Ramalho no recente show em São Miguel. Uma delas em aprticular me irritou bastante: só teria acesso ao camarim 05 pessoas, incluindo aí o prefeito.
         Ora bolas, o que seria dele e de muitos outros se não fossem os fãs? Claro também que não é correto sair por aí beijando todos os expectadores de um show, mas francamente, 05 também é sacanagem.
          Aqui em Pau dos Ferros já aturamos algumas coisas assim: os acessores marcam com antecedência uma lista com os tipos de doces, salgados, frutas que querem no camarim, o número de toalhas, a cor e até o papel higiênico. Eu heim!!!
          Tantos por aí precisando de uma chance para mostrar o talento e retribuir o carinho das pessoas e poucos esnobando a gentileza alheia.
          Vejam o final de Wilza Carla e voltem pro mar oferendas.

2 comentários:

  1. concordo totalmente.

    ResponderExcluir
  2. Meu caro Vianney, voce a convir que ninguém é obrigado a contratar um show do Zé Ramalho. Eu, particularmente, incluo Zé Ramalho entre os maiores artistas nordestinos em atividade. Imagina ter que receber todos os politicos, socialites, bajuladores, comerciantes, aproveitadores, etc em seu camarim. Voce gostaria disso ?

    ResponderExcluir

As postagens que venham a desrespeitar moralmente ou legalmente a algo ou alguém, serão excluidas.. Para evitar que isso aconteça evite esses tipos de comentários.. Desde já agradecemos..